terça-feira, 10 de agosto de 2010

Por que as religiões temem os ateus?

Eu me revolto acho graça com esses programas evangélicos. Sim, de vez em quando eu ouso assistir. Afinal se não assistir vão me dizer que eu estou falando de algo que não conheço. E se quero que pessoas religiosas criem razão e juizo de experimentar um ato de reflexão, então devo tentar mergulhar um pouco nesse mar de aceitação pela fé.

Mas é difícil... aai como é! Primeiro que já me é muito ruim tentar passar algo pela garganta que diz ser 'a verdade suprema'. Quantas e quantas religiões do passado não falaram exatamente isso, e hoje seus rituais religiosos são estudados por cientistas e ridicularizados por religiosos. Será que não passa pela cabeça desse povo que tudo aquilo é um repeteco do passado?!
Porém a revolta mesmo vem quando há distorção clara da informação! Outro dia assisti um desses programas religiosos que tentam pegar pseudo pensamentos científicos misturados com suas doutrinas. É fácil identificar esses programas: São aqueles em que são descobertos coisas incríveis, mas não aparece o nome de ninguém que escreveu ou disse aquilo! Os vídeos geralmente são assim:
"E no local tereréu foram encontradas madeiras que os cientistas dizem ser da arca de noé. O cientista [aparece a imagem de um cientista, mas nada de nomes] fala que isso é a prova de que o dilúvio aconteceu. A professora [novamente a imagem da tal professora falando] afirma que essa é a prova cabal de que os fatos bíblicos não são metáforas."
O mais chato é que esse tipo de programa dá falsa munição para àqueles que querem proteger sua fé em uma discussão. Os religiosos mais corajosos (ou não), que tentam encarar uma discussão com um bom agnóstico ou ateu, acabam sempre meio perdidos nos fatos, partindo para a intolerância em alto grau. Já vi (e fiz) muito evangélico ficar com raiva com perguntas simples. Mas o que eles não entendem é que as perguntas não são feitas para que eles fiquem encurralados. É para que eles reflitam e questionem as religiões doutrinadoras, que são fruto do homem, e não de deus.

4 comentários:

  1. Tu viste o vexame dado pelo Datena dia desses relacionando ateus a criminosos?
    Em resposta, Pablo Villaça publicou este vídeo:
    http://www.cinemaemcena.com.br/pv/BlogPablo/post/2010/08/02/Videocast-Datena-os-Ateus-e-a-Incitacao-ao-Odio.aspx

    Vê aí o que vc acha...

    ;-)
    Marcelo

    P.S.:
    tenho que revisitar seus posts e tecer os comentários devidos. Os temas são quentes...
    :-P

    ResponderExcluir
  2. Vi sim o vexame do Datena. É um tosco, não há o que negar! E estou no aguardo dos outros comentários dos temas quentes! Hehe! Agradeço a visita!

    ResponderExcluir
  3. Sejamos simples e diretos. Por que sistemas religiosos que dicotomizam Deus e Demônio, só combatem os "ateus"? Por que não se vê o combate aos "ademônicos"?

    Mais sobre isso em:
    http://www.xr.pro.br/Ensaios/Ademonismo.html

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o ensaio sobre ademonismo. Bastante interessante. Reforça um aforismo meu que diz que "Ser crente é primeiramente crer no diabo".

    De fato muitas igrejas reproduzem (de forma criativamente diferente) a sociedade do medo, imputando seus pensamentos retrógrados com base no terror do pior. Acabam falando mais (e tendo muito mais presença) do tal diabo do que de deus.

    ResponderExcluir

Você é responsável pelo que posta. Com um grande poder vêm grandes responsabilidades. Mesmo assim qualquer material ofensivo, ilegal ou comercial será apagado.